Link Building: Saiba o que é e como essa estratégia será útil no seu negócio.

Link building: saiba o que é e quais resultados esperar dessa estratégia

O seu blog ainda não está voltado para estratégia de link building? Você pode estar cometendo um grande erro. O link building é um dos elementos que compõem a estratégia de SEO, e é fundamental para aumentar o tráfego de um site organicamente. Se você quer entender definitivamente esse tema, leia o texto de hoje.

O que é o link building?

Link building ou “construção de links” é a estratégia de conseguir links externos para um site, com o objetivo de criar relevância perante os mecanismos de busca. Apesar de existirem outros buscadores, as estratégias mais comuns de SEO se adaptam ao algoritmo do Google. Como o buscador é o mais utilizado por usuários, é nele que o seu site precisa se destacar, de preferência, de forma orgânica.

O site heatmap identifica e mostra com gráficos de zonas de calor quais partes são mais clicadas em uma página. No caso do Google, os primeiros sites que aparecem em sua busca orgânica são mais clicados do que os anúncios pagos, que aparecem ao lado direito no display.

Como se relaciona com o SEO?

Agora que você já sabe o que é o link building, precisa entender qual a relação entre ele e o SEO. Imagine que você comprou uma enciclopédia em uma livraria, começa a ler e várias referências vão surgindo. Para um entendimento completo daquele tema e todo o assunto fazer sentido, todas as referências devem ser lidas em ordem sequencial.

Mas na internet isso é diferente. Ela é um hipertexto que possibilita a navegação de forma não linear por vídeos, fotos, links e sites. Dois usuários podem ler o mesmo texto e extrair deles informações diferentes, dependendo dos caminhos escolhidos.

Esses caminhos (construção dos links, traçados dentro de um site) são responsáveis pelo posicionamento do SEO perante o Google. O buscador analisa a reputação e a autoridade de um site por meio dos links que o indicam.

Qualquer link conta para a estratégia?

Antigamente contava, mas hoje não. Antes do lançamento do algoritmo Penguin, o Google levava em conta apenas 3 critérios para o ranqueamento:

  1. O site deveria ter um grande número de links, independentemente da origem;
  2. Palavras-chave exatas, desconsiderando a diferenciação entre plural e singular;
  3. Ter links pagos.

Hoje em dia, a autoridade de um site é construída de formas diferentes, e o Google já aprendeu a reconhecer links positivos e negativos. Por isso, fazer uma estratégia de links não é banal.

Os links podem ser internos e externos. O Google dá maior credibilidade quando algum site externo linca para a sua página. Isso significa que o conteúdo do seu site é utilizado como referência no assunto por outro site.

Mas os links internos também têm o seu valor. Por meio deles, o usuário permanece mais tempo em um mesmo site, fazendo com que o tempo de acesso aumente e o Google perceba que aquela página traz o conteúdo procurado pelo usuário na busca.

Quais métricas são usadas pelo Google?

Os links não têm o mesmo peso. Não há uma pesquisa definitiva sobre quais métricas exatamente o Google usa, mas diversos profissionais elencaram algumas:

  • posição em que o link aparece na página;
  • qual site o indexou. O Domain Authorithy é a métrica que determina a qualidade de um site. Quanto maior o número de acessos, maior a autoridade;
  • qual a relação entre os links;
  • links em textos âncoras. Os textos âncoras são palavras indexadas que aparecem de cor diferente em um texto. É esse o termo que o Google leva em consideração como fator de relevância na indexação.

Como construir o link building?

Para facilitar a análise de links, existem alguns sites como o Majestic e Ahrefs, exemplos pagos. O Google Search Console é gratuito e possui diversas funções. Dentre elas, apontar quais links o Google considera em seu site.

Outra forma de conquistar bons links são os guest posts, textos escritos por parceiros. Cada um escreve como convidado para outro blog, possibilitando alcançar uma nova audiência, posicionar-se como autoridade em determinado assunto e conseguir links externos otimizados em palavras-chave específicas.

Viu como o link building é importante para sua estratégia? Para ficar por dentro das novidades de marketing, acompanhe a Agência Converse no FacebookInstagram e LinkedIn.

Maria Luiza

Maria Luiza é COO da Agência Converse, agência digital especializada em Inbound Marketing. Possui certificado Google, Facebook, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo.

google shopping o que e, e como funciona

18 Abril

Google Shopping: o que é e como funciona?

A tecnologia é uma grande aliada das lojas virtuais. Aliás, elas nem existiriam se não fosse pelo avanço tecnológico. Hoje, é possível contar com possibilidades cada vez melhores para divulgar os seus produtos e impactar mais clientes em potencial. Para que a sua loja permaneça relevante na internet e fora dela, é preciso conhecer recursos […]

marketing-digital-e-campanhas-de-marketing-quais-sao-as-diferencas

18 Abril

Marketing digital e marketing tradicional: quais são as diferenças?

Uma das principais dúvidas entre os empreendedores, principalmente com a popularização e o crescente aumento de alcance da internet, é: onde vale mais a pena investir, em campanhas de marketing tradicional ou no marketing digital? Responder essa pergunta não é uma tarefa simples. Pensando nisso, separamos o artigo de hoje para ajudá-lo a entender cada uma […]

marketing-integrado

13 Abril

Marketing Integrado, o que é?

O Marketing Integrado é extremamente importante para que o cliente tenha uma boa experiência nos seus canais de vendas. Imagine que você fez uma compra em um e-commerce, que entregou o produto errado. Você fez a reclamação através de mensagem privada no Facebook, enviou o número do pedido e, algumas horas depois, recebe um e-mail […]