Mídias Sociais: como fazer uma análise competitiva? - Agência Converse
Mídias Sociais análise competitiva

Mídias Sociais: como fazer uma análise competitiva?

As mídias sociais deixaram de ser apenas ferramentas de entretenimento para se tornarem meios legítimos para as marcas entrarem em contato com seu público. Dessa forma, é preciso utilizá-las corretamente para obter bons resultados com a sua estratégia.

Uma análise competitiva é essencial para que o seu planejamento esteja alinhado com o mercado e as expectativas dos seus clientes. Não é nada eficiente trabalhar no escuro e desse estudo podem surgir diversas oportunidades que a sua marca pode aproveitar.

Uma boa análise competitiva é capaz de apontar rumos para você seguir e obter bons resultados. Mas isso só é possível ao implementar uma boa estratégia. Você precisa olhar para os números certos para conseguir desenvolver as ações que sua marca necessita.

Como fazer uma análise competitiva nas mídias sociais?

Você já sabe da importância de ficar de olho no que os seus concorrentes estão fazendo nas mídias sociais. Resta implementar um plano focado em gerar os indicadores corretos para que seja possível planejar as ações adequadas para cada cenário.

Para ajudar você nesse trabalho, selecionamos abaixo os principais passos que você precisa seguir para obter bons resultados com a sua análise competitiva. Veja:

1. Escolhendo os concorrentes

Quais players do seu mercado você vai incluir na sua análise competitiva depende muito da sua própria posição nele.

Apesar de ser importante o conhecimento a respeito do trabalho de todos eles, você só deve monitorar de perto aqueles que estão em competição direta com a sua marca.

2. Usando as ferramentas certas

Todo esse trabalho de análise competitiva não precisa e nem deve ser feito manualmente. É possível contar com indicadores bem superiores de maneira mais rápida ao utilizar certas ferramentas que automatizam os processos.

Alguns exemplos de ferramentas para análise competitiva incluem o SEMrush, HootSuite, RivalIQ e Quintly. Nelas, você consegue comparar o desempenho dos seus concorrentes com o da sua marca, encontrando oportunidades de crescimento onde existirem.

3. Olhando as métricas certas

Um dos principais benefícios de uma análise competitiva é oferecer informações valiosas a respeito da força da marca dos seus concorrentes e da estratégia usada por eles. Para isso, você precisa acompanhar os números certos.

Antes de tudo, veja o tamanho da base de público deles nas mídias sociais, como número de seguidores e curtidas. Concentre-se também em dados não qualitativos, como estratégia adotada, tom de voz, principais problemas, entre outros.

4. Gerando relatórios periódicos

Tudo o que você fez até agora precisará ser repetido em períodos fixos, como semanal ou mensalmente. Isso permitirá que a sua análise competitiva traga sempre uma evolução que você consegue acompanhar e perceber aumentos e quedas.

Como já recomendamos o uso de ferramentas para esse trabalho, vale a pena usar aquelas que possuem funcionalidades focadas em gerar relatórios completos em PDF, como o HootSuite. Isso facilita a apresentação desses dados a outros setores da sua empresa.

Tudo pronto para começar sua análise competitiva de maneira eficiente? É possível captar diversas oportunidades bastante interessantes para o seu negócio ao ter um olhar estratégico voltado ao seu mercado. Você precisa sempre saber o que o seu concorrente está fazendo e o motivo para isso.

Agora é a sua vez: conte para a gente qual foi a sua principal motivação para começar a fazer análise competitiva!

Maria Luiza

Maria Luiza é diretora da Agência Converse, agência digital especializada em Inbound Marketing. Possui certificado Google, Facebook, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo.

certificacao-hubspot

29 maio

Certificação Hubspot em Inbound Marketing.

A Hubspot é a maior referência em Inbound Marketing, por conta disso, a certificação Hubspot é muito importante para todo o profissional de marketing que deseja trabalhar, ou que já trabalha com Inbound Marketing. As aulas para a certificação Hubspot em Inbound Marketing são bem completas, pois além da metodologia Inbound aborda assuntos como SEO, […]

call-tracking-o-que-e-e-como-funciona

22 maio

Call Tracking, o que é e como funciona

Call Tracking é uma maneira de ter um controle maior sobre a sua equipe de vendas e mensurar o retorno do seu investimento em marketing tradicional (mídia impressa, outdoor, televisão, rádio), pois essas estratégias são mais complicadas de tangibilizar o resultado.  Com essa estratégia, também é possível contabilizar as ligações recebidas através de todas as […]

15 maio

Smarketing: os benefícios de alinhar marketing e vendas

Muitas vezes, as equipes de Marketing e Vendas são times opostos e não compreendem muito bem que a sinergia é fundamental para alinhar as metas dentro de um mesmo funil de vendas. Com o Smarketing, as equipes ficam alinhadas e conseguem trabalhar com uma mesma meta: aumentar a receita da empresa. O que é Smarketing? […]