Persona em marketing digital: quais os benefícios de defini-la?
persona em marketing digital

Persona em marketing digital: quais os benefícios de defini-la?

No marketing digital, o trabalho com o conceito de persona é um dos diferenciais que bons conteúdos apresentam. Por meio dele, é possível aproximar-se do consumidor ideal e obter benefícios capazes de alavancar o negócio.

Ficou curioso? Então acompanhe este artigo até o fim para saber o que a definição de personas pode trazer para a sua estratégia de marketing de conteúdo. Confira!

Criação de conteúdo segmentado no marketing digital

Imagine-se em busca de soluções para algum problema. Então você entra no Google e se depara com uma série de opções. Entre elas, estão alternativas que você já tentou e não deram certo, possibilidades que fogem ao seu perfil e uma, em especial, que parece que foi feita pensando em você.

Ela parece ter sido apresentada por alguém que te conhece e resolveu escrever da maneira como você fala, citar situações que fazem parte do seu dia a dia e, mais importante, buscou ganhar a sua confiança. Não fica difícil imaginar que as chances de você investir nessa solução são maiores, não é?

Esse é o grande benefício do trabalho com o conceito de persona. Com ele, você cria a sua mensagem direcionada para o perfil do seu cliente ideal, o que gera nele a empatia necessária para se identificar com a sua empresa.

Adequação de mensagens

Ao trabalhar com o funil de vendas, você insere o seu cliente em diferentes estágios do processo. Assim, se ele está numa fase inicial, nada melhor do que desenvolver um conteúdo atrativo, para fazer com que ele se interesse espontaneamente por aquilo que sua empresa pode oferecer.

E como você pode conseguir isso? Definindo a persona certa para cada etapa da sua campanha. É ela quem orientará você na produção de conteúdo, independentemente do estágio em que estiver. Quando você trabalha com esse conceito, consegue adequar suas mensagens mais facilmente e, assim, guiar seu consumidor pelo funil de vendas até o último estágio com maior precisão.

Compreensão sobre o comportamento do consumidor

A Kodak foi uma das grandes empresas de fotografia do século XX. Uma de suas maiores inovações foi a câmera digital, que praticamente suplantou os modelos tradicionais.

Por incrível que pareça, foi justamente essa inovação que levou a Kodak à decadência no século XXI. Como ela não conseguiu acompanhar a evolução do digital, acabou ficando para trás e, hoje, luta para se livrar de dívidas e do atraso tecnológico.

O que aconteceu com a Kodak? O fato é que a empresa não compreendeu a mudança no comportamento do consumidor e, por isso, perdeu espaço.

O trabalho com personas permite a você identificar os pormenores do seu consumidor ideal. Com ele, é possível visualizar com maior clareza se o público demanda novidades, por exemplo.

Entendimento sobre as fontes de informação

Sabendo quem é o seu consumidor ideal, você consegue também identificar características que são importantes para o empreendimento. Quem são eles? Como eles obtêm informação no dia a dia? Essas perguntas, comuns na busca pela definição da persona, ajudam a diagnosticar o cenário em que a sua empresa atua. Isso faz toda a diferença!

Sabendo que os hábitos do consumidor estão mais voltados ao ambiente online, por exemplo, você pode começar a se concentrar nos canais em que essas pessoas atuam para tornar-se uma parte de seu consumo. Dessa forma, sua campanha torna-se mais qualificada e, sua visibilidade, maior.

Humanização da mensagem

A persona é algo ainda mais específico do que o público-alvo, pois ela é uma representação semifictícia criada com base nos dados obtidos sobre os clientes atuais.

Podemos dizer que o público-alvo de uma empresa é: “homem, entre 25 e 30 anos, solteiro, formado, com renda mensal de R$ 2.000 em busca de capacitação profissional”. Já a persona é o “Lucas, tem 29 anos, é solteiro, formado em Ciências Contábeis e recebe R$ 2.000 por mês atuando como MEI. Busca um emprego formal e, para tanto, procura por cursos que o diferenciem dos outros contadores”.

Entendeu como o público-alvo é mais abrangente e a persona é mais específica? Aliás, percebeu como essa especificidade permite humanizar a comunicação?

Siga nossas páginas nas redes sociais para saber mais sobre estratégias de marketing digital. Estamos no Facebook e no Instagram!

Maria Luiza

Maria Luiza é diretora da Agência Converse, agência digital especializada em Inbound Marketing. Possui certificado Google, Facebook, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo.

certificacao-hubspot

29 maio

Certificação Hubspot em Inbound Marketing.

A Hubspot é a maior referência em Inbound Marketing, por conta disso, a certificação Hubspot é muito importante para todo o profissional de marketing que deseja trabalhar, ou que já trabalha com Inbound Marketing. As aulas para a certificação Hubspot em Inbound Marketing são bem completas, pois além da metodologia Inbound aborda assuntos como SEO, […]

call-tracking-o-que-e-e-como-funciona

22 maio

Call Tracking, o que é e como funciona

Call Tracking é uma maneira de ter um controle maior sobre a sua equipe de vendas e mensurar o retorno do seu investimento em marketing tradicional (mídia impressa, outdoor, televisão, rádio), pois essas estratégias são mais complicadas de tangibilizar o resultado.  Com essa estratégia, também é possível contabilizar as ligações recebidas através de todas as […]

15 maio

Smarketing: os benefícios de alinhar marketing e vendas

Muitas vezes, as equipes de Marketing e Vendas são times opostos e não compreendem muito bem que a sinergia é fundamental para alinhar as metas dentro de um mesmo funil de vendas. Com o Smarketing, as equipes ficam alinhadas e conseguem trabalhar com uma mesma meta: aumentar a receita da empresa. O que é Smarketing? […]